App: Chame seu táxi pelo RTC

banner-980x360

É preciso ter uma boa dose de paciência para esperar táxi em Curitiba. Tá certo que eles facilitam no número de telefone (combinações fáceis, 0800 etc), mas vamos combinar que anda cada vez mais difícil (e lento) o bendito chegar na sua casa.  Dia 31/08, sábado: pedi um táxi, às 19h30 e o esperei até 20h15. O primeiro táxi (3333-3333), depois de 20 minutos do pedido, me ligou avisando que não tinha carro para minha região.  Nesse meio tempo tentei outros números e TODOS estavam ocupados (depois dizem que curitibano fica em casa, aham). Foi quando lembrei do aplicativo da RTC (Rádio Táxi Curitiba):

rtc_app_0

Facilidade n° 1 – ele está disponível tanto para Android como IOS;

Facilidade n°2 – você só precisa fazer um cadastro rápido e descomplicado;

Facilidade n° 3 – ele já indica o mapa e o local onde você está; só precisa clicar e confirmar;

Facilidade n° 4 – ele mostra o nome do taxista, o local onde ele está e quanto tempo levará para chegar na sua casa.

rtc_app_2

Confirmei o taxista, a forma de pagamento (cartão) e em seguida apareceu um botão com um número para que eu pudesse ligar, caso tivesse uma dúvida. Liguei e a moça confirmou meu pedido. Em apenas 06 minutos, o táxi chegou em casa! Uhuuu. O ponto negativo foi:  pedi um táxi com cartão e o senhor que me atendeu não tinha esta opção. A sorte que eu tinha dinheiro na minha carteira, caso contrário estaria ferrada. No mais, super recomendo este aplicativo. Irei utilizar mais vezes, com certeza! Ah, outra coisa, ele pede para avisar se o seu táxi chegou direitinho e se fez a corrida corretamente também.

Para saber mais, vá aqui.

Advertisements

A minha Curitiba

Morando seis anos na gélida Curitiba, já consigo falar com espontaneidade os termos “piá”, “djanho” e, mais recentemente, “guria”. Nunca falarei “vina” (salsicha) e muito menos “penal” (estojo) por ser incrivelmente bizarro (e feio).

Das cidades que já morei, Curitiba é a que mais gosto. Quando cheguei aqui achava que minha relação era completamente amor de malandro, mas consegui me entender e cá estou escrevendo sobre essa linda.

Uma das coisas que mais tenho prazer – desde pequena, já que vinha de 6 em 6 meses para cá -, é passear pelo Centro. Principalmente pela XV. Ali você já reconhece as figuras de praxe e sempre se surpreende com algo diferente. Gosto muito do Largo São Francisco também, se eu pudesse moraria por lá.

Por conta disso, acho interessante registrar algumas coisas da cidade (tudo tirado com câmera de celular):

Alguns detalhes na XV

curitiba_xv

curitiba_xv_2

Edíficio Garcez foi o primeiro arranha-céu de Curitiba

curitiba_xv_3

Praça Zacharias – que sempre está acompanhado de pombos

curitiba_xv_zacha

Paço da Liberdade

curitiba_paço

curitiba_paco_3

curitiba_paco_2

Passeio Público

curitiba_passeio_publico

curitiba_passeio_pub_2

Busão – XV/Paulo Gorski ou Jd. Social/Batel

curitiba_busao_3

curitiba_busao

curitiba_busao_2

curitiba_busao_4

Largo São Francisco

curitiba_largo

curitiba_largo_2

curitiba_mesquita

Street Art

curitiba_street_art

curitiba_street_art_2

curitiba_street_art_3

curitiba_street_art_4

curitiba_street_art_5

curitiba_street_art_6

curitiba_street_art_7

Detalhes e realidades

curitiba_vitrine_nonsense

curitiba-godard

curitiba_detalhes

curiitba_realdade

curiitba_triste

Depois vou fazer uma parte 2 com a Ruy Barbosa, Ed. Asa, Osório e tantas outras coisas que fazem  Curitiba ser tão legal!

Tea-time: Chá & Arte, Curitiba

Como já comentei aqui, estou numa fase chá que espero que nunca acabe. Nunca fui muito chegada em café e só tomava loucamente na época da faculdade. No mais, café para mim só fica gostoso mesmo com leite. Agora um chá bem feito realmente é muito amor. Desde criança gosto. Tem todo um ritual para preparar, um cuidado especial (assim como o café também). Eu preparo meus chás com muito carinho e espero os minutos corretos para a infusão e tudo mais.

Para minha alegria tem uma casa de chá bem pertinho da minha casa. É a Chá & Arte, um dos lugares mais agradáveis e cheirosos dessa cidade. O ambiente, além de ser muito lindo desde a fachada, também possui uma vibração excelente. As pessoas que trabalham por lá cuidam da sua necessidade e sabem exatamente o que indicar. Além disso, tenho todo um amor pelos detalhes da loja e a variedade de produtos como canecas, bules, infusores e, principalmente, dos chás especiais, ervas, cereais, sais para banhos e tudo mais o que você imaginar. O detalhe mais importante: tudo o que tem ali parece ser escolhido a dedo.

cha_arte_curitiba_fachada_1

Tirei muitas fotos mesmo, pois são muitos detalhes e várias coisas LINDAS que preciso mostrar. Então vou ter de dividir este post no “read more”, não tem jeito. Achei legal que, quando pedi permissão para tirar as fotos, me falaram para eu passar o link do meu humilde blog para que eles possam divulgar também. Que amado, né não?

cha_arte_curitiba_fachada_2

cha_arte_curitiba_fachada_8

cha_arte_curitiba_fachada_6

Adoro esses livros. Toda vez que os abro caem em mensagens com uma ~dica~parecida e complementar do outro. E tem gente que não acredita…

cha_arte_curitiba_fachada_loja_3

Essa é uma das paredes com ervas, especiarias e temperos ❤

cha_arte_curitiba_loja

Adoro essa cadeira

cha_arte_curitiba_fachada_loja_4

Essas são as latas com os chás que ficam na entrada. Todas nomeadas 🙂

cha_arte_curitiba_fachada_loja_5

Essa banheira vintage é muito amor! Lá vende banhos, sais, buchas vegetais, shampoo, sabonetes etc.

cha_arte_curitiba_detalhe_11

Algumas das lindezas! As matrioskas são dignas do Pinterest, hein?

Para o post não ficar gigante e com muitas fotos, pode clicar no Continue reading